DEPUTADO FEDERAL

DEPUTADO FEDERAL
EDMAR ARRUDA

COMUNICADO DO

COMUNICADO  DO
BOLSA FAMÍLIA

JAPURA

JAPURA
ACABAMENTOS

03/06/2017

CONTRARIANDO O PRESIDENTE. DIRETOR DE PATRIMÔNIO DA CÂMARA CONTRARIA EM PÚBLICO OPINIÃO DOS VEREADORES

Gildo dos Santos
Essa semana a Câmara Municipal de Paiçandu, realizou duas audiências públicas, uma no centro e outra no jardim pioneiro. A finalidade, discutir com a população o que elas acham sobre a venda de alguns terrenos considerados inaptos para qualquer tipo de construção pública. Hoje, Paiçandu conta com um numero razoável de áreas sem nem um tipo de utilização. A prefeitura está propondo a venda de 42 lotes para aplicar o valor arrecado em obras que necessitam de contra partida do governo municipal. Todos sabem que a situação econômica do município é delicada em decorrência da crise que vivemos e o atual prefeito vê na venda destas áreas uma forma de dar continuidade as obras que estão em andamento e nas demais que já poderiam ter sido iniciadas. Apesar de haver uma certa divisão de opinião a população que participou das audiências públicas, aprova a medida já que ela é para beneficiar diretamente o município e isso aparentemente não vai trazer prejuízos aos munícipes. O atual presidente da Câmara Nilson Extrabom, também não tem medido esforços para que o Projeto seja aprovado pelo Legislativo Municipal, deixando, bem claro que seu posicionamento é o de ajudar o Governo Municipal a suprir os compromissos do plano de governo. Notoriamente ontem durante a Segunda Audiência Pública, Gildo dos Santos, que ocupa a pasta comissionada de Diretor de Patrimônio da Câmara, fez uso da palavra e se posicionou contra a opinião da maioria dos vereadores. No bom e velho português bateu de frente com o Presidente da Câmara. Entendemos e respeitamos seu posicionamento sobre o assunto a ser debatido, mas dai fazer questão de dar sua opinião publicamente é como se querendo ou não faltasse com respeito ao Presidente da Câmara, haja visto que o mesmo poderia ter procurado o Chefe do Legislativo, pessoa ao qual tem que prestar contas de seus atos relacionados a Câmara de Vereadores e dizer o que pensa sobre a venda dos lotes. Faltou bom senso por parte do Diretor de Patrimônio da Câmara, já que há unanimidade dos vereadores em concordar com a aprovação do Projeto. Como alguns vereadores disseram. “OPINAR ELE ATÉ PODE, É UM DIREITO DELE, MAS DAI EXPOR ISSO PÚBLICAMENTE É COMO OFENDER CADA UM DE NOS AUTORIDADES”.


13 comentários:

  1. Anônimo6/04/2017

    Sinceridade se eu sou o patrão mandava embora

    ResponderExcluir
  2. Anônimo6/04/2017

    E Nilson extrabom hora de mostrar quem manda

    ResponderExcluir
  3. Anônimo6/04/2017

    Esse ai nunca ganhou pra vereador agora quer mostrar as garra demoro

    ResponderExcluir
  4. Anônimo6/04/2017

    Opinar ele ate pode agora em público eu não aceitava também nao

    ResponderExcluir
  5. Anônimo6/04/2017

    Acho que ele poderia ter ficado quieto afinal de contas e funcionário e não vereador

    ResponderExcluir
  6. Anônimo6/04/2017

    Só porque e frequentador da igreja se acha no direito de afrontar a opinião dos vereadores

    ResponderExcluir
  7. Anônimo6/04/2017

    Isso que da dar poderes demais para certas pessoas. Contratação furada em extrabom

    ResponderExcluir
  8. Anônimo6/04/2017

    Eu fui la assistir e vi o pronunciamento do homem que parece mandar na câmara pôr que pra falar isso tem que mandar

    ResponderExcluir
  9. Anônimo6/04/2017

    Carlos da creche tem seus defeitos mas funcionário dele fazia palhacada dessa não quando ele era presidente

    ResponderExcluir
  10. Anônimo6/04/2017

    Você e um cara tao gente boa Nilson mas fez umas contratação que deve ser pra enganar grego

    ResponderExcluir
  11. Anônimo6/04/2017

    O que me surpreende não e o pronunciamento do rapaz e a contratação dele os vereadores querendo ajudar o prefeito e esse sem noção estragando com opinião errada

    ResponderExcluir
  12. Anônimo6/04/2017

    Conversas "em off" cheira a maracutaia. Se ele é contra como a maioria dos munícipes, achou uma maneira de deixar claro isso. Está certíssimo ele.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo6/05/2017

    Estranho, porque é funcionário não pode opinar? Democracia galera. Agora, com 42 terrenos a serem leiloados, o pq estragaram uma praça pública fazendo um PA e não um espaço para diversão? No Bela Vista tem vários terrenos e poderia serem aproveitados para isso.

    ResponderExcluir