DEPUTADO FEDERAL

DEPUTADO FEDERAL
EDMAR ARRUDA

JAPURA

JAPURA
ACABAMENTOS

SHOW

SHOW
GOSPEL

26/11/2014

MENSAOLÉO DA GESTÃO TARCISIO MAQUES DOS REIS VAI CONDENAR RÉUS

Nos primeiros dias da gestão do prefeito Tarcísio Marques dos Reis, seus funcionários cargos comissionados ou seja pessoas de sua confiança e contratados por ele, realizaram o que na época foi chamado de ESQUEMA DOS ÓLEO LUBRIFICANTE. Após quase dois anos de uma denuncia feita no Ministério Publico o processo esta chegando ao fim e as primeiras condenações já estão prestes a serem aplicadas pela justiça.O MENSAOLÉO que assim podemos dizer foi a primeira denuncia da gestão do prefeito Tarcísio Marques dos Reis. Entendam melhor o caso acessando a denuncia oferecida ao MP em 2013.


ACESSE AQUI

25/11/2014

DURANTE ANIVERSARIO DA CIDADE APRESENTADORES DERAM ENFASE A REABERTURA DO SÃO JOSÉ: DO PA NA VERDADE

Cada um luta com as armas que tem, mas no aniversario da cidade há de se convir que ouve um certo exagero por parte do prefeito em pedir para anunciar a todo momento que o Hospital São José foi reaberto. Primeiro que o que foi reaberto foi o PA Pronto Atendimento e para que o Hospital volte a  funcionar em perfeitas condições ainda é preciso algumas reformas e também equipamentos. Tanto a ala infantil bem como o centro cirúrgico se encontra interditado, mas a cada cinco minutos os apresentadores faziam questão de frisar que o hospital foi reaberto, de fato o prédio do São José foi reaberto mesmo. Não vamos dizer que isso foi uma mentira, mas sim um forma de ludibriar a população,que empolgada com a festa pode nem lembrar do que falaram ou não durante a festa. Durante o evento também foi prometido pelo prefeito melhoras nas condições do local e que em 2015 haverá bem mais comodidade aos frequentadores da festa    

22/11/2014

DOCUMENTAÇÃO PRESTES A SER ENTREGUE AO BLOG PODE COMPROVAR CAIXA 2

Nos próximos dias uma documentação que esta prestes a ser  entregue ao Blog  pode comprovar um movimento de  caixa 2. Aguardem  

20/11/2014

TST CONDENA FRIGORIFICO SEARA EM 10 MILHÕES POR CONDIÇÕES IRREGULARES DE TRABALHO


A 3ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou, nesta quarta (19), o frigorífico Seara, hoje integrante do grupo JBS, em R$ 10 milhões por danos morais coletivos em razão do descumprimento de medidas de proteção à saúde dos trabalhadores na unidade de Forquilhinha, em Santa Catarina. Além da indenização, a empresa também deverá proceder com uma adequação das condições de trabalho, concedendo pausas de recuperação térmica, não exigir horas extras em ambientes frios, emitir comunicações de acidentes de trabalho em caso de doenças ocupacionais, conceder tratamento médico integral a todos os empregados com doenças ocupacionais, aceitar atestados médicos de profissionais não vinculados à empresa e reconhecer o frio como agente insalubre, entre outros. A JBS afirmou, em nota, que aguardará a publicação do acórdão para avaliar se entrará ou não com recurso para reverter a decisão do TST. E que a ação civil teve início em 2007, período em que a Seara Alimentos ainda não estava sob a gestão do grupo – o que veio a ocorrer, efetivamente, apenas em outubro de 2013.

18/11/2014

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DA PREFEITURA FECHA PORQUE FUNCIONÁRIA IRIA SE CASAR

Imagem ilustrativa
Não vamos citar o nome da funcionária do departamento de engenharia da prefeitura por uma questão de bom senso. Mas na semana passada, mas necessariamente dia 14 de novembro o departamento de engenharia da prefeitura fechou suas portas e o atendimento a população foi interrompido. O motivo é que uma  das funcionaria do setor iria se casar. Pessoas que necessitaram dos serviços deste departamento tiveram que voltar pra casa e como se não bastasse a irresponsabilidade do responsável do setor, um cartaz na porta dizia: Fechamos mas cedo hoje é casamento da.............................. Em 2013 foi a vez da farmácia básica da prefeitura fechar as portas para que os funcionários pudessem realizar uma confraternização. Pessoas que necessitaram de remédios, tiveram que esperar ou de alguma forma comprar se o caso exigisse rapidez da medicação. Pelo visto a pratica esta se tornando comum em Paiçandu.
              

SHOWS NO ANIVERSARIO DE PAIÇANDU VAI GERAR GASTO APROXIMADO DOS 300 MIL REAIS, MAS ARTISTAS LOCAIS QUE SE APRESENTAREM NÃO TERÃO CACHE, DETERMINA PREFEITO TARCÍSIO MARQUES DOS REIS

Existe uma certa discordância em relação aos gastos que a prefeitura de Paiçandu terá com a realização da festa de aniversario da cidade. Para alguns os gastos são inevitáveis, pois em se tratando de data tão especial tem sim que se abrir uma exceção a determinados gastos. Muitos não concordam nem mesmo quando se trata do aniversário da cidade. Temos que respeitar ambas opiniões. O detalhe é que na maioria das vezes aqueles que não concordam atribuem essa discordância para as condições ao qual se encontra o município. Um cidade que não  tem um hospital que ofereça condições adequadas de atendimento para os usuários, uma cidade com uma coleta de lixo sem regularidade, com muitas ruas ainda sem asfalto, não pode se dar ao luxo de gastar tamanha quantia. Dizem muita gente. Mas o que chama atenção de fato na realização desta festa é que todos os artistas que irão se apresentar receberão seus respectivos caches  pelas suas apresentações, mas os artistas locais não, esses se quiserem terão que se apresentar de graça, é isso mesmo. O prefeito Tarcísio Marques dos Reis determinou desta forma. Calcula-se que esse ano a prefeitura ira gastar perto dos 300 mil reais com shows e outras despesas complementares. Na minha modesta forma de pensar isso é injusto, podem não ser artistas de expressão e renome, mas assim mesmo ainda são artistas que buscam seus espaços no cenário musical.Temos em nossa cidade a cantora Skarlat, Leo e Maicon, Morena Marques, Alisson Mazin, Tiago Ferraz, Tiago Ferreira, Di e Adriano e outros. Difícil entender o critério adotado pelo prefeito, mas isso é  fato e vários destes artistas estão profundamente decepcionados pela forma ao qual o  município esta tratando esse assunto. Até porque se as coisas forem conduzidas desta forma  é porque nossos artistas locais sequer estão tendo o reconhecimento de sua cidade de origem e isso é inaceitável. Pois esses artistas quando se apresentam em outras cidades eles levam  orgulhosamente o  nome de sua cidade: Paiçandu.  

14/11/2014

'LINDA DE MATAR" DENTISTA PRESA DIZ DESCONHECER QUE HAVIA ARMAS APREENDIDAS NA CLINICA

O advogado da dentista paranaense Marina Stresser de Oliveira, presa em flagrante na terça-feira (11) por suspeita de tráfico de drogas, disse que ela desconhecia a existência de armas, munição e 16 kg de drogas encontrados em sua casa e seu consultório, na região sul de Curitiba.
"Ela está bastante abalada, principalmente pelo sensacionalismo que se está fazendo", afirmou Wagner de Jesus Magrini nesta sexta-feira (14). Ele diz que só comentará o caso após a conclusão do inquérito, que deve ocorrer em até 30 dias. Até o momento, o defensor afirma que só teve acesso aos autos da prisão em flagrante. Segundo a Polícia Civil, Marina foi presa enquanto recebia uma espingarda calibre 12 e uma pistola 9 mm de Ronaldo de Souza Araújo, conhecido como Roni. Na clínica odontológica, num bairro de classe média, foram encontrados 30 projéteis de fuzil. Na casa dela, havia uma submetralhadora e, sobre a cama da dentista, uma pistola. De acordo com a polícia, ela distribuía drogas e armas a traficantes da cidade. Os vizinhos de comércio que a consideravam uma pessoa acima de qualquer suspeita ficaram chocados com a prisão da dentista em flagrante. A delegada Camila Ceconello desconfia que Marina estivesse agindo no lugar de seu marido, preso há cerca de um ano e meio pela Polícia Federal sob suspeita de tráfico de drogas. O nome dele não foi divulgado porque as investigações estão em andamento. Apresentada na delegacia, a dentista ironizou sua situação diante de câmeras de emissoras de TV. "Agenda, só para o ano que vem", disse, em referência aos pacientes com consulta marcada. Os vizinhos da galeria comercial em que o consultório está instalado se disseram "chocados" com a reação fria de Marina, que era conhecida como uma pessoa gentil e que dava demonstrações públicas de amor aos animais. Caso seja comprovado o envolvimento com o tráfico, a dentista será alvo de processo administrativo disciplinar do Conselho Regional de Odontologia do Paraná. Fonte UOL

13/11/2014

ACUSADO DE CANIBALISMO CONFESSA CRIME E PELA PRIMEIRA SE DIZ ARREPENDIDO

"Foi um erro muito grave, monstruoso. Me arrependo muito", disse Jorge / Fotos: Luiz Pessoa/NE10

"Foi um erro muito grave, monstruoso. Me arrependo muito", disse Jorge

O réu Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, 52 anos, primeiro acusado a prestar depoimento no julgamento dos canibais, confessou o crime e, pela primeira vez, se disse arrependido do assassinato de Jéssica Camila da Silva Pereira, 17, que aconteceu em 2008. O júri acontece no Fórum de Olinda, na Grande Recife, onde também estão sendo julgados pelo mesmo crime Isabel Cristina Torreão Pires, 53, e Bruna Cristina Oliveira da Silva, 28. Além de matar e esquartejar, eles são acusados de comer a carne da vítima. "Foi um erro muito grave, monstruoso. Me arrependo muito", disse Jorge. Diante do júri, ele ainda confessou o ato de canibalismo, mas afirmou que nunca vendeu salgados como coxinha ou empada com carne das vítimas, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, para onde o trio se mudou após o assassinato. Olhando atentamente para a juíza Maria Segundo e bastante lúcido, o réu disse ainda que foi um momento de extrema fraqueza e brutalidade. Questionado pela magistrada se houve apenas três homicídios, Jorge afirmou que sim. A resposta causou indignação na plateia. O salão do júri está lotado. O delegado Paulo Berenguer, que conduziu o inquérito, afirmou mais cedo, em seu depoimento, que o trio planejava mais assassinatos. "Esta seita, na realidade, foi algo criado por mim, Bel (Isabel) e Bruna. Há muito tempo eu tinha falado isso com uns amigos para ajudar as pessoas, mas ficou só na vontade. Foi quando eu decidir fazer este trabalho só com as duas", revelou. A juíza perguntou se Jorge tinha algo a acrescentar em seu depoimento e ele apenas pediu para fazer uma oração. Com o consentimento, o réu fechou os olhos e pediu perdão a Deus e aos familiares da vítima. 
O réu não demonstrou nervosismo diante das perguntas
O réu não demonstrou nervosismo diante das perguntas


Quando começou a interrogar Jorge Beltrão, a promotora Eliane Gaia, muito incisiva em suas colocações, questionou: "O senhor lembrou de fazer esta oração agora, mas também lembrou de fazer enquanto matava as vítimas?". O acusado respondeu: "Não. Naquela época, eu estava errado." 
A principal condução dos questionamentos de Eliane foi o ato de canibalismo. "O senhor comeu ou não a carne da vítima?". Jorge se recusou a responder. A promotora insistiu: "Comeu ou não comeu?". O réu respondeu que sim. A promotora trouxe ao discurso a religião do acusado, criador da seita O Cartel, que visaria à purificação do mundo. "Então Deus deve estar bastante chateado com o senhor". "Eu concordo com a senhora", falou.

Questionado se chegou a vender salgados feitos com carne humana, Jorge negou. No entanto, em seu depoimento ao delegado Paulo Berenguer, Isabel Pires afirmou que as coxinhas e empadas eram, sim, produzidas com a carne das vítimas. O réu explicou que ela teria confessado na delegacia porque teve medo de ser agredida. 
Jorge Beltrão confessou ainda que a filha de Jéssica, que ficou com o trio após o crime, assistiu ao assassinato da própria mãe. Fonte UOL

11/11/2014

CHÁCARA ANISINHO HÁ VÁRIOS ANOS PROPORCIONANDO ESPORTES E LAZER

A Chácara Anisinho já se tornou tradição em Paiçandu no quesito realização de campeonatos, festas e outros eventos. Tem uma localização privilegiada o que facilita sua grande aceitação entre as pessoas que procuram um ambiente agradável e apropriado para locação. Instalada há vários anos em Paiçandu há Chácara Anisinho realiza anualmente a Copa Anisinho Monteschio de Futebol Master e esse ano teve recorde de equipes participantes. Para Anisinho o sucesso da Chácara esta interligado a grande variedades de ambientes que ela proporciona, dois campos de futebol, área de lazer, duas churrasqueiras e piscina. Para Anisinho um conjunto de fatores essencial em uma Chácara de Lazer. Antes de agendar sua festa, faça uma visita na Chácara Anisinho, conheça suas instalações. Telefone 9972-6460

Ambiente padronizado

Espaço adequado para todo tipo de evento

Campo de futebol com iluminação
   

07/11/2014

VOCÊ SABE O QUE É UMA PADARIA SOLIDARIA: CONHEÇA O PROJETO E VEJA COMO FUNCIONA

Um projeto está mudando a vida de muita gente da comunidade do bairro Lamenha Grande, em Almirante Tamandaré. Batizada como “Pão da Vida”, a ação faz parte da rede de padarias comunitárias idealizada há 15 anos pelo projeto Fermento na Massa – Fortalecimento da Rede de Panificadoras e Cozinhas Comunitárias, firmado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária (Senaes) com apoio da Pastoral da Criança e do Centro de Formação Urbano Rural Irmã Araújo (Cefuria).
interna1
Seguindo os princípios da Economia Solidária, as padarias comunitárias têm como principal objetivo a geração de renda aliada à solidariedade e cidadania, baseada na gestão coletiva. As padarias têm encontros mensais para debater as ações da Rede Fermento na Massa, além de cursos de formação. Entre as 130 pessoas que integram as padarias, cerca de 95% são mulheres. Em toda Curitiba e região metropolitana já funcionam 28 empreendimentos. No início de novembro foi inaugurada a segunda padaria comunitária de Almirante Tamandaré. A “Pão da Vida” está localizada na Paróquia São João Batista e é administrada por três distintas senhoras que querem fazer a diferença na comunidade. Andrea Furquim, Dilva Dalponte e Rosa Antônia Kichijanoski fizeram o projeto acontecer na região da Lamenha Grande. Tudo começou no último mês de julho, quando os primeiros encontros ocorreram na paróquia. “Por meio da Pastoral da Criança decidimos implementar o projeto aqui no bairro e aí começou a correria. A Paróquia São João Batista ofereceu o espaço, a Cefuria todo o equipamento. Daí começamos a correr atrás do material para ajeitar o espaço para as aulas”, explica Dona Rosa Antônia.

interna2
“Foi uma correria boa. Fizemos rifa, pedimos ajuda dos vizinhos e dos comerciantes da região, conseguimos doadores, que nos deram o material de construção e todo o resto para dar estrutura. Depois o pessoal da paróquia ajudou com o restante do material, penduramos uma conta numa loja de material de construção. Alguns moradores da região, que são pedreiros, trabalharam à noite para tudo ficar pronto”, complementa Dona Rosa Antônia. Andrea Furquim explica que, assim com ocorreu com ela, a ideia é oferecer todo o conhecimento das atividades de uma padaria para os participantes do curso. “Eu aprendi tudo quando fui aluna e mudou minha vida. Aprendi a lidar com os equipamentos e melhorar o processo de fazer o pão sem desperdiçar ingredientes”, explica. “É um projeto que pode mudar a vida de uma pessoa, pois ela aprende uma profissão e pode depois trabalhar numa padaria ou até fazer pão pra vender nos supermercados e feiras”, destaca Dona Dilva.

A produção e as aulas na padaria comunitária Pão da Vida iniciaram essa semana e a ideia é já expandir e colocar os produtos à disposição de toda a comunidade. A padaria terá oito trabalhadoras e funcionará às quintas, sextas e sábados. “Fazemos bolos, bolachas, pão caseiro e pão de centeio, e a nossa ideia já divulgar nosso trabalho por aqui. O pessoal da Paróquia São João Batista já sinalizou que pode construir uma barraca pra vender nossos produtos”, comemora Dona Rosa Antônia. “O lema união faz a força faz todo o sentido pra nós. Começamos com a ajuda de muita gente e queremos continuar para ajudar os outros. É um projeto que mostra que se unir em torno de uma ação em comum pode dar muito certo”, conclui Dona Rosa Antônia.Fonte Paraná On Line

QUANTO CUSTA A PALAVRA DE UM HOMEM OU MELHOR QUANTO CUSTA A PALAVRA DOS VEREADORES DE PAIÇANDU ?

Recebemos ainda ontem um comentário enviado ao Blog, onde o leitor faz questionamentos de quanto custa a palavra de um homem, ou quanto custa a palavras dos vereadores de Paiçandu. Se referindo de forma indignada sobre o acordo que os vereadores de Paiçandu fizeram com o Benito Moreno e que segundo já é praticamente oficial não vão cumprir. Indiferente de politica ou não entendemos que se é um  compromisso firmado entre as partes deve ser cumprido, mas é como aquele velho ditado " Quer conhecer um homem de o poder a ele".  Os vereadores, Diego Sanches, Osvaldo Marinho, Luizinho do Canada, Toninho do PT e Lelei, deram suas palavras de que no segundo mandato do Legislativo iriam eleger Benito Moreno o segundo Presidente da Câmara. Esperamos sinceramente que as conversas e disse me disse caiam por terra no dia da votação, pois uma das principais qualidades de um homem é honrar o que fala. Ao cumprirem seus compromissos não mostraram apenas que são dignos e honrados, mas também que acima da politica esta algo chamado HUMILDADE, qualidade que vemos a cada dia menos, principalmente nos políticos. Em relação a quanto custa a palavra de um homem, essa não tem nada que pague.

06/11/2014

CONHEÇA A NOVIMAGEM & ESPECIALIDADES


Desde 2013 Paiçandu ganhou um dos mais sofisticados serviços médicos de nossa região. A Novimagem Especialidades tem um corpo clinico formado por excelentes profissionais. São 18 médicos a disposição alem de outros serviços oferecidos pela clinica. Conheça a Novimagem a clinica esta localizada na Rua Altino Moreira Castilho 26 Telefone 3244-8514 Jardim Pioneiro Paiçandu Paraná.      

SEBASTIÃO DE SOUZA OU SIMPLESMENTE ALICATE

Quem não conhece esta perdendo a oportunidade de ser amigo de uma grande pessoa. Sebastião de Souza, ou simplesmente Alicate como é popularmente conhecido em Paiçandu. O apelido é antigo e quando chegou em Paiçandu bastou pouco tempo para que grande parte da população se otimizasse com a irreverencia deste cidadão. Atualmente Alicate é motorista da APAE, função essa que ele exerce com grande carinho no transporte dos alunos especiais. Segundo alguns pais, a figura alegre de Alicate já é um estimulo para os seus filhos. Seja pela manha ou tarde, não tem tempo ruim, Alicate esta sempre transmitindo energia positiva onde passa. Cantarolando junto aos alunos a presença de Alicate de  fato é fator que traz alegria a todos aqueles que convive com ele. Vamos nos utilizar desse espaço aqui hoje, para parabenizar você Alicate, pelo grande trabalho que realiza em meio a nossa sociedade é graças a pessoas assim, que nos incentiva a dar um sorriso, um aperto de mão firme que tornamos o nosso cotidiano cada dia melhor. Parabéns meu amigo, continue sendo essa pessoa maravilhosa que erradia felicidade onde passa.         

05/11/2014

VERGONHOSO PROFESSORES SÃO AGREDIDOS NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA, ORDEM PARTIU DO PRESIDENTE DA CÂMARA VALDIR ROSSONI

Agressões na Alep: APP tomará providências

Educadores(as) que foram brutalmente agredidos por seguranças da Alep já prestaram queixa. 

Entidade acompanha processo

Além do triste exemplo dado pelo governo do Estado ao suspender as eleições para as direções das Escolas que deveriam ocorrer no próximo dia 26, os(as) professores(as) e funcionários(as) de escolas que acompanhavam a sessão na Assembleia Legislativa do Paraná nesta terça-feira, dia 4, terão a data na memória como um dia de pesar. De forma truculenta, seguranças da Casa Legislativa retiraram à força a categoria que acompanhava a votação das galerias. Eles também agrediram alguns educadores(as), entre eles três professores e uma professora que precisou de atendimento médico. Diante de tamanha brutalidade, a APP, através do diretor Celso José dos Santos, acompanhou as vítimas no registro de Boletins de Ocorrência (BO). A entidade também acionará a Assembleia Legislativa para que investigue e puna os responsáveis pelas agressões.
O sindicato também recorrerá às Comissões Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da própria Assembleia para que estas acompanhem e cobrem medidas contra ação da segurança, ordenada pelo presidente da Casa Legislativa, deputado Valdir Rossoni. “Mais uma vez a educação do Paraná é agredida física e moralmente, demonstrando que a valorização dos trabalhadores em educação não passa de discurso na fala de algumas autoridades do Estado. O que vimos hoje, na Alep, se soma à tragédia do 30 de agosto de 1988, quando a nossa categoria foi brutalmente cerceada do seu direito de livre manifestação. Estávamos, diante da aprovação da lei que suspendeu a eleição, manifestando nosso repúdio com palavras de ordem. Em nenhum momento nossa categoria ultrapassou qualquer limite. Apenas exercitava o direito democrático de se manifestar”, analisou o presidente da APP, professor Hermes Silva Leão.
Ação contra a suspensão das eleições de diretores(as) - A direção da APP repudia veementemente o golpe ao processo democrático nas escolas públicas do Paraná com a aprovação do projeto de lei que prorroga os mandatos. Inclusive, a entidade impetrará uma ação judicial contra a aplicação da lei. O motivo é que ela fere, frontalmente, o princípio da legalidade da hierarquia das normas fixadas no Artigo 59 da Constituição Federal, que proíbe que uma norma inferior – no caso a Resolução nº 5390/2014 – obste a aplicação de uma norma superior, a lei 14.231/2003, que regulamenta a eleição de direções das escolas.

APÓS 30 DIAS DA CIRURGIA VEREADOR CARLOS MARTINS VISITA PEQUENO BRYAN EM ÁGUA BOA

Após 30 dia da realização de sua cirurgia, ontem Segunda Feira  o vereador Carlos Martins esteve no Distrito de Água Boa, em visita ao pequeno Bryan que passou por uma cirurgia. Segundo os pais o garoto se recuperou rapidamente e já até ganhou uns quilinhos a mais. Por recomendação medica Bryan não pode frequentar a escola por vinte dias, mas agora segundo o Pai Marcos e a mãe Edriana ele já voltou a normalidade de suas atividades. Para Carlos Martins poder atender Bryan é algo que não teve preço.        

MOTORISTA DE PAICANDU TENTA SALTAR A LINHA FÉRREA

Motorista desavisado entrou em rua que não existe
Seria trágico senão  fosse irônico, mas ontem por volta das 13:00 horas um motorista de Paiçandu tentou saltar a linha férrea com seu automóvel. O ocorrido foi próximo da rodoviária velha em um beco que se formou com o frequente transito de vários carros. Em conversa com o motorista ele disse que não imaginava que a rua não tinha saída, pois não existem sinalização. Em seguida um trator da prefeitura se locomoveu até o local para guinchar o carro do motorista desavisado. Pra quem não conhece bem a  cidade realmente há de se imaginar que a rua tem sim uma saída, mas não tem, alias ali nem existe rua.                 

Quem conhece a cidade sabe que a rua não tem saída

Após ocorrido trator  da prefeitura prestou socorro

04/11/2014

CAOS NA SAUDÊ PUBLICA, HOSPITAIS COBRAM 43,8 MILHÕES DA PREFEITURA DE CURITIBA

Quatro hospitais filantrópicos de Curitiba - Cajuru, Santa Casa, Pequeno Príncipe e Erasto Gaertner - cobram providências da prefeitura em relação ao atraso no repasse de recursos federais relativos à prestação de serviços para o Sistema Único de Saúde (SUS). Em nota conjunta, as instituições informam que R$ 43,8 milhões deveriam ter sido pagos no último dia 16 de outubro e demonstram preocupação em relação à assistência de saúde na capital, em função do atraso de 18 dias. Também em nota, a Secretaria Municipal da Saúde diz que não reconhece os valores apresentados pelos hospitais, “pois eles incluem repasses que serão feitos após finalização da auditoria dos serviços prestados, conforme previsão estabelecida nos contratos vigentes”. A promessa do município é que os pagamentos complementares de outubro serão processados a partir desta semana, após a conclusão da auditoria, que leva em conta o cumprimento de metas. Segundo o comunicado dos hospitais, a portaria 2.617 do Ministério da Saúde estabelece prazo de 5 dias úteis, após a transferência federal à prefeitura, para o repasse. De acordo com as quatro instituições, no último dia 9 de outubro, o Fundo Nacional de Saúde destinou o recurso para que a prefeitura encaminhasse às entidades que prestam serviço ao SUS na capital. “As instituições lesadas alertam que os atrasos no repasse geram a tomada de empréstimos pelos hospitais, agravando a situação financeira dos mesmos. Além disso, os hospitais não conseguem efetuar o pagamento das suas obrigações em dia, os fornecedores indicam possível desabastecimento de itens necessários à assistência dos pacientes e o pagamento dos colaboradores pode ficar comprometido caso os repasses em atraso não sejam recebidos pelos hospitais”, ressalta o comunicado. Os hospitais enfatizam também a importância da regularização dos pagamentos para pagar o 13º salário dos colaboradores. Conforme as instituições, o atraso de recursos é mais um dos problemas enfrentados pelos hospitais conveniados ao SUS. “O subfinanciamento do sistema obriga as instituições filantrópicas a arcarem custos superiores às receitas, gerando mensalmente prejuízos financeiros para estas instituições. A regularização dos pagamentos é fundamental para a manutenção regular dos serviços prestados pelos hospitais”, ressaltam. Segundo a Secretaria da Saúde, “a administração municipal tem feito esforços para, além dos pagamentos atuais do SUS, arcar também com dívidas de anos anteriores”. Neste ano, a administração repassou R$ 634 milhões aos prestadores de serviço da rede hospitalar na capital, além de R$ 113 milhões referentes a débitos antigos. Desde janeiro, Cajuru e Santa Casa receberam R$ 13 milhões relativos a dívidas de outros anos e o Pequeno Príncipe, R$ 4 milhões.

DEPUTADO DOUTOR BATISTA PARTICIPA DE ENTREGA DE EQUIPAMENTOS EM SARANDI

Dr. Batista em Sarandi

CIDADES

Sarandi recebeu equipamentos

A Prefeitura de Sarandi recebeu hoje uma unidade móvel da Policia Militar, além de seis soldados policiais militares, onze novos guardas municipais, um caminhão com um triturador de galhos, um caminhão com hidrojateamento e sucção a vácuo (tatuzão) e uma van para o Centro de Atenção Psissocial (Caps). O caminhão será usado pela autarquia Águas de Sarandi, e foi adquirido com recursos próprios, um investimento total de R$ 288 mil.  O triturador de galhos e o caminhão caçamba vai ser usado pela Secretaria de Meio Ambiente e foi adquirido com recursos próprios, investimento de R$ 130 mil. A van vai ser de uso exclusivo para transporte dos pacientes do Caps e também foi adquirida com recursos próprios, R$ 110 mil. Além do prefeito Carlos Alberto de Paula (PDT) e de vereadores, participou do evento o deputado estadual Dr. Batista (PMN). Fonte Rigon