DEPUTADO FEDERAL

DEPUTADO FEDERAL
EDMAR ARRUDA

JAPURA

JAPURA
ACABAMENTOS

SHOW

SHOW
GOSPEL

22/08/2017

PP DE CARLOS DA BAND VIABILIZA UM MILHÃO DE REAIS PARA A REFORMA DO POSTO DE SAÚDE DO CENTRO

Mesa composta para receber o Ministro
As politicas pública do PP Partido Progressista sempre visam o bem estar de cada um dos munícipes. Através de ações solidas que buscam o desenvolvimento socioeconômico de cada cidade. Desta forma os representantes do Partido mantem seus compromissos de forma integra e prestativa as suas comunidades. O PP que tem na linha de frente no Estado o Deputado Federal Ricardo Barros, que atualmente ocupa a pasta de Ministro da Saúde do governo Temer. Sua ida para esse Ministério foi de grande importância para o Estado do Paraná. Ricardos Barros é um dos parlamentares de maior representatividade em Brasilia. Diversos fatores o condiciona a este status. Nesta segunda Feira junto com alguns membros de sua equipe ele esteve na Câmara de Paiçandu, com o Vereador Carlos da Band, autoridades e pessoas da sociedade. Na ocasião Ricardo Barros anunciou o recurso de UM MILHÃO CENTO E TRINTA MIL REAIS, para a reforma do Posto de Saúde e do Centro de Fisioterapia. Essa é uma ação do PP Partido Progressista que teve importante ação do vereador Carlos da Band na conjunção da conquista para Paiçandu. 

Carlos da Band ao lado do Presidente da Câmara Nilson Extrabom

21/08/2017

'EM FIM" PONTE SOBRE RIBEIRÃO PAIÇANDU DEVE COMEÇAR EM BREVE

Ribeirão Paiçandu aguarda início das obras
Obras da ponte sobre o Rio Ribeirão Paiçandu deve começar em breve. Dia 17 foi assinado pelo prefeito de Maringá, Ulisses Maia, o decreto que permite a execução das obras da ponte intermunicipal sobre o rio Ribeirão Paiçandu, que faz divisa entre os dois municípios. Por meio das secretarias de planejamento e obras, a Prefeitura Municipal de Paiçandu fica responsável pela manutenção da ponte enquanto o valor integral da obra será da Prefeitura de Maringá. A parceria entre as prefeituras para a construção da ponte começou em março de 2016, quando a secretária de obras, Andrea Chociay e o prefeito, Tarcisio Marques dos Reis, apresentaram ao então prefeito de Maringá, Carlos Roberto Pupin o projeto da ponte. “A ponte fica na divisa dos municípios, por isso nem só Paiçandu, nem só Maringá poderia refazer a obra ou a manutenção. Maringá ofertou o corpo técnico para a construção e nós faremos a manutenção, já que a maioria dos usuários são moradores rurais de Paiçandu.” Explica Chociay. A ponte vai contribuir principalmente para os moradores rurais da região, como falou o secretário de planejamento, Felipe Maia Kotsifas: “Hoje para os moradores rurais terem acesso a suas terras rodam 14 km, com essa obra terão um acesso melhor e mais rápido, economizando combustível e evitando máquinas pesadas na beira da rodovia”. Com o decreto assinado, a licitação será aberta e em breve as obras de construção da ponte devem ser iniciadas. Fonte Site Prefeitura de Paiçandu

18/08/2017

DE OLHO NA JANELA DE TRANSFERÊNCIA MAIA DEVE TROCAR O PROS PELO PDT


Felipe Maia
O vereador FELIPE MAIA, que hoje ocupa o cargo de SECRETARIO DE PLANEJAMENTO, deve trocar o PROS partido onde foi eleito, pelo PDT do vereador CARLOS MARTINS. Algumas conversas já aconteceram e o crescimento politico de FELIPE MAIA, deve ser um dos principais fatores que deve leva-lo a troca de Partido, já que o PDT é o Partido do prefeito de Maringá Ulisses Maia. Felipe já realizou algumas conversas com o Presidente do PDT de Paiçandu, vereador Carlos Martins e a mudança está bem perto de acontecer. Também já pode ser visto na FANPAGE, de Felipe Maia um aceno de praticamente certeza da sua mudança de partido politico. 

VEREADORES CONTRÁRIOS NÃO APRESENTARAM NEM UMA EMENDA SOBRE O PROJETO DAS DIÁRIAS

Porque não apresentaram emenda contrária ao projeto
Conforme já foi divulgado aqui no BLOG essa semana os vereadores votaram o PROJETO DE AUMENTO DAS DIÁRIAS DO EXECUTIVO. Apesar de não ter havido concesso entre os vereadores o projeto foi aprovado na primeira de três votações. Porem temos que salientar o seguinte. Quando um projeto do Executivo vai para votação do Legislativo, cabe ao mesmo votar para aprovação, rejeitar, alterar e até mesmo propor alguma emenda. No caso do Projeto das diárias temos que ressaltar que em momento algum os vereadores que são contra o aumento apresentaram EMENDAS para mudar o projeto pela não concordância de como estava sendo feito. Os vereadores Carlos Itaipu, Chorão, Adenisio e Dolores, foram contra a aprovação do projeto. E quando falamos que faltou sensibilidade por parte deles é com relação há isso. Bastava solicitar que fosse colocado uma emenda no projeto para que as diárias de prefeito e secretários não recebessem aumento e fosse priorizado os demais cargos públicos que se encontram com suas diárias em grande defasagem. Mas isso não aconteceu. Se seria ou não aceita pelos demais vereadores é outra questão. Fica a impressão de que na verdade os vereadores queriam apenas confrontar o Executivo. NEM UM DOS VEREADORES QUE FORAM CONTRÁRIOS AO PROJETO APRESENTARAM EMENDAS PROPONDO MUDANÇAS NO PROJETO. PORQUE SERÁ?

"PDT OU PODEMOS" CARLOS MARTINS DEVERÁ DISPUTAR PARA ESTADUAL

CARLOS MARTINS
O vereador Carlos Martins vive um imbróglio por conta das decisões politicas a nível de Estado e Nacional. O senador Alvaro Dias ao que tudo indica será mesmo candidato a presidência da republica pelo PODEMOS e espera contar com o apoio do PDT principalmente por conta da candidatura do irmão ao governo do estado OSMAR DIAS. Com isso a bancada do PODEMOS, pode convidar Osmar Dias a trocar de partido e disputar as eleições pelo mesmo partido do irmão Alvaro Dias. Assim Osmar Dias disputaria as eleições pelo PODEMOS. Caso essas manobras ocorram a cúpula pedetista ou do podemos, vai formalizar o convidar ao vereador Carlos Martins PDT para disputar as eleições como candidato a deputado estadual. De forma extra oficial o convite inclusive já foi feito. No entanto teremos que aguardar até Abril de 2018 para que tudo se defina. PDT ou PODEMOS, deve ser uma das siglas que o vereador vai disputar as eleições de 2018. 

16/08/2017

EM SINTONIA, QUARTETO VOTA CONTRA DOIS PROJETOS DO PREFEITO TARCÍSIO MARQUES DOS REIS

Quarteto votou contra dois projetos do Prefeito Tarcísio 
O legislativo municipal tem como principal função, LEGISLAR E FISCALIZAR O EXECUTIVO MUNICIPAL. Assim sendo os vereadores estão condicionados a divergir sobre suas opiniões em relação aos projetos que são enviados para votação pelo EXECUTIVO MUNICIPAL. Agora na Câmara temos um QUARTETO, formado por: CARLOS ITAIPU, DOLORES, CHORÃO E ADENISIO, e ao que tudo indica pretendem votar contra todos os PROJETOS DO PREFEITO TARCÍSIO, que do ponto de vista deles forem contra suas ideologias sociopolítica. Ontem durante sessão legislativa, o QUARTETO, voltou a votar contra dois projetos do EXECUTIVO MUNICIPAL. Temos que salientar que durante a votação de ontem foi colocado em pauta o PROJETO QUE AUMENTAVA, as diárias de vários servidores municipais. Diárias essas que estão há anos defasadas. Podemos citar os ambulanceiros e os professores. Porque os ambulanceiros recebem diárias: Algumas pessoas devem se perguntar. Esses funcionários além do salario que recebem são bonificados com diárias porque dentro de suas funções se ausentam toda semana para encaminham pacientes para Curitiba, Londrina e outras cidades, passando horas na estrada, cuidando e protegendo da vida de todos que estão sob suas responsabilidades. Por isso recebem um misero valor pelo trabalho prestado. Só pra se ter uma ideia um ambulanceiro que vai até Curitiba recebe uma diária de pouco mais de 35 reais. Citamos também os professores que precisam se capacitar para melhorar o desempenho em salas de aula para com nossos filhos. Votar contra o aumento dessas diárias é ir contra o funcionalismo público que precisa da atenção e da valorização necessária para desempenhar suas funções. Ao tentar atingir o prefeito com o voto contra nesse projeto, isso demonstra uma certa  falta de esclarecimento do verdadeiro teor do projeto apresentado. Respeitamos as opiniões do QUARTETO, porem acreditamos que nesse caso, faltou sensibilidade. 

PORQUE OS JARDINS BELA VISTA I E II NÃO FORAM ENTREGUES COM PAVIMENTAÇÃO ASFALTICA

Lá se vão mais de 20 anos desde que foi implantado em Paiçandu o PARQUE INDUSTRIAL E RESIDENCIAL BELA VISTA I E II. Entre os anos de 1995 e 1996 a CONSTRUTORA ERRERIAS, realizou e projetou esses Bairros na cidade. O que muita gente até hoje não sabe, é que naquela época ainda era permitido a implantação de loteamentos sem a pavimentação asfaltica ou seja sem que houvesse infraestrutura em sua totalidade. Era assim em todos os municípios da região. Algumas pessoas tem feito questionamento na redes sociais, questionamentos sem fundamentação, pois todos que adquiriram terrenos naquela área no incio do lançamento sabiam que não seria com pavimentação asfaltica.